quinta-feira, 29 de julho de 2010

nova coluna

oi olha eu de novo com uma nova coluna dessa vez no nosso blog vamos  falar sobre natureza  ai tem uma mteria sobre passarinhos


Passarinhos são charmosos, bonitos e bons amigos, mas antes de ter um em casa, descubra se ele pode mesmo ser domesticado ou não


FALA SÉRIO? PÁSSAROS SÃO ENCANTADORES, NÃO É? Mas é importante saber que nem todos podem ser domesticados. As aves mais recomendadas para meninas descoladas como você são as calopsitas, agapórnis e canários, pois são dóceis, interativas, de fácil adaptação em ambiente doméstico e não exigem muitos cuidados específicos (sem falar que estão super na moda!).


OS PAPAGAIOS E OS PÁSSAROS PRETOS TAMBÉM PODEM SER CRIADOS EM CASA. Porém, para se adquirir uma ave silvestre como essas é muito importante comprá-la em um local licenciado pelo Ibama, que é um instituto que cuida do meio ambiente e dos animaizinhos lindos do nosso país. Só assim terá certeza que este pet não está sendo comercializado ilegalmente.

O PRÓXIMO PASSO PARA QUEM QUER TER UM PÁSSARO EM CASA é saber como cuidar dele da forma correta. Cada ave deve receber alimentação apropriada para a sua espécie, frutas, sementes e muita água fresca, além de necessitar de cuidados como cortes de unhas e as pontas das penas das asas se necessário. Também é muito importante que o animal viva em uma gaiola adequada para seu tamanho e evitar colocá-la em corrente de ar, chuva e sol direto.

OS PÁSSAROS SÃO ANIMAIS TRANQUILOS DE SE TER EM CASA, mas necessitam que sua rotina seja respeitada. As aves sempre acordam logo ao amanhecer e vão dormir logo após o pôr do sol. Portanto para pessoas que desejam ter um animalzinho de estimação, mas só poderão interagir com eles durante a noite, é mais aconselhável optar por outra espécie.

O IBAMA disponibiliza em seu site (www.ibama. gov.br) a lista oficial de animais que podem ser comercializados legalmente. No Brasil, a ararinha azul, o papagaio-do-peito-roxo e o pica-pau-de-cabeça-amarela estão fortemente ameaçados de extinção, o que significa que se continuarem vendendo estes animais, logo essas lindas aves não existirão mais.

Um comentário:

  1. Bem... eu como biologa aprovo demais esse espacinho... excelente ideia!!!

    ResponderExcluir